Compartilhamento de bicicletas pelo mundo

Os sistemas de compartilhamento de bicicletas são uma forte tendência nos dias atuais. Como mostrado por Russel Meddin, do Bike-sharing Blog, o número de bicicletas de uso público ao redor do mundo triplicou entre 2013 e 2016, sendo a China o local com o maior número de programas que prestam esse serviço.

estat

Problemas como o trânsito e a crescente demanda no transporte público nas grandes metrópoles acabam servindo de incentivo para tal tendência. Ter uma estrutura apropriada para o uso de bicicletas tornou-se até mesmo um dos fatores para cidades entrarem em rankings de melhores lugares para se viver.

Mas, assim como todo tipo de novo serviço, existem diversos pontos ainda em desenvolvimento no compartilhamento de bicicletas, principalmente nos que conhecemos atualmente no Brasil. A seguir, vamos explorar um pouco alguns desses pontos.

Sistemas tradicionais de compartilhamento de bicicletas

bicycle transport vehicle motorcycle ecology sports equipment mountain bike cycling bicycles mobility motorcycling energy saving bike sharing sustainable mobility road bicycle endurance sports racing bicycle

Nos sistemas tradicionais de compartilhamento, temos o uso de estações físicas como estrutura que possibilita o aluguel e a devolução das bicicletas, formando um sistema de pontos de origem/destino fechado e pouco flexível. Consequentemente temos uma estrutura com dificuldade em integrar-se a um sistema de transporte mais amplo e atuar onde outros modais não conseguem atuar. Dessa forma, as estações dificultam (e às vezes até impossibilitam) o uso da bicicleta no cumprimento da chamada last mile, ou última milha.

O preço também é um fator limitante nesse sistema, a ponto de sua implantação ser inviável em pequenas e médias cidades devido ao alto custo das estações.

Por fim, o uso desse sistema estabelece uma quantidade pré-determinada de bicicletas por estação, o que interfere desde o aluguel de uma bicicleta até sua devolução no destino final. Exemplificando, uma estação pode estar vazia, impossibilitando o aluguel, ou cheia, impossibilitando a devolução, e o serviço transforma-se em um empecilho no trajeto do usuário. Uma forma de resolver esses problemas é aumentando a densidade de estações, mas devido ao custo de cada estação ser alto a densidade das estações é baixa, o que potencializa esse problema: quando uma estação está vazia a estação mais próxima fica muito longe, e se a estação está cheia encontrar uma estação vazia pra devolver a bicicleta também está longe.

A Chica e o sistema Dockless

_DSC0027

Pensando em um sistema que melhor se adeque às necessidades de quem se locomove diariamente de um ponto a outro de sua cidade, criamos a Chica, um sistema de compartilhamento de bicicletas sem estações. Esse sistema, conhecido como Dockless, permite o aluguel e a devolução da bicicleta em qualquer local, deixando o usuário o mais próximo possível de seu destino.

A Chica contém uma interface interativa que permite que o usuário cadastrado no sistema localize as bicicletas mais próximas a ele e realize o aluguel. Escolhida a bicicleta, basta digitar os números impressos em sua trava que instantaneamente ela será liberada para uso. Chegando ao seu destino, basta o usuário fechar a trava que o sistema automaticamente reconhece a devolução.

_DSC0087

A trava da Chica é recarregada por meio de uma placa solar fixada na bike, possui sistema GPS integrado e envia sua posição em tempo real para servidores de processamento de dados conectados à Internet.

Hoje a Chica é pensada para pequenas e médias cidades, e para ambientes controlados, como campi universitários, condomínios fechados e centros empresariais. Recentemente a Scipopulis vendeu 50 Chicas para a Universidade Federal de Rio Branco, no Acre, e está desenvolvendo pilotos para outras cidades interessadas no sistema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s